21/11/2009

O SURGIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO


Desde o princípio da natureza humana, o homem sentiu a necessidade de se organizar em sociedade para alcançar, através de seus esforços, os seus objetivos. Daí surgiram as primeiras empresas tradicionais, da época dos assírios, babilônios, fenícios etc., que trazem princípios administrativos básicos que são utilizados até hoje pelos teóricos da administração.

Pode-se observar que antes do surgimento das grandes empresas, a história da administração é uma história de governos, cidades, exércitos ou organizações religiosas. As grandes empresas surgem a partir da Revolução Industrial que ocorreu no final do século XVIII estendendo-se ao longo do século XIX e chegando ao começo do século XX.

A Revolução industrial teve duas fases: A primeira de 1780 a 1860, que é a utilização do carvão como principal fonte de energia e do ferro como principal matéria-prima. Teve início com o advento da máquina de fiar, do tear hidráulico e posteriormente do tear mecânico e do descaroçador de algodão, provocando a mecanização das oficinas e da agricultura. Tudo isso veio substituindo o trabalho do homem e do animal pela máquina, transformando o artesão em operário e a pequena oficina dá lugar à fábrica ou à usina. Essa evolução faz com que haja migrações, iniciando então a urbanização em torno das indústrias e trazendo uma revolução nos meios de transporte e nas comunicações: surgimento da navegação a vapor, da locomotiva a vapor, do telégrafo e do telefone.

A segunda fase da Revolução Industrial ocorre de 1860 a 1914. É a revolução da eletricidade, dos derivados de petróleo como novas fontes de energia e do aço como matéria-prima. Surge a maquinaria automática tornando necessária a especialização do operário. Os meios de transporte e as comunicações evoluem, surgem as estradas de ferro, o automóvel, o avião, o telégrafo sem fio, e o rádio. O capitalismo se fortalece surgindo então as grandes organizações multinacionais. Depois de tudo isso o mundo já não seria mais o mesmo e, com toda essa transformação, surge a administração moderna em contrapartida ao crescimento acelerado e desorganizado das empresas e à necessidade de se organizarem para se tornarem competitivas.

Com a necessidade das empresas de produzirem mais e com eficiência para fazer face à intensa concorrência e competição do mercado, aparecem os primeiros métodos científicos trazidos pela publicação das experiências de dois engenheiros, um era americano, Frederick Winslow Taylor (1856-1915), o outro engenheiro era francês, Henri Fayol (1841-1925).

Nenhum comentário:

Postar um comentário